Torta de maçã com especiarias e castanha do pará

Oie,

Estou aqui de novo para alegria geral!

E a receita da vez é de torta! Mas essa não é uma torta qualquer, é uma torta que eu resolvi testar uma série de teorias.

O que tem de diferente? Bom, primeiro na massa, eu resolvi colocar especiarias. Então essa não é uma massa doce qualquer, ela tem um toque de gengibre, cravo e noz moscada.

E o que mais?

Bom, já faz algum tempo que eu procuro encontrar formas de aproveitar todo o alimento. Assim eu vou criando receitas que evitam o desperdício, ou que aproveitam algo que sobrou de outra receita. Para isso é preciso testar, conhecer o ingrediente que você tem, ou seja, pesquisar muito e fazer vários testes até chegar em algo legal.

Então, eu fiz um caramelo com o suco da casca da maçã, ao invés de usar apenas água. O resultado foi que eu usei menos açúcar para fazer o caramelo e tive um resultado legal.

Para completar eu adicionei castanha do pará e regulei a acidez do caramelo com suco de limão. Ficou muito bom!

Essa receita tem vários passos, mas não é complicada e uma das coisas que eu acho legal é que ela é diferente. Então, aproveitem!

Ah e se você fizer a receita, não esquece de marcar a gente com as hashtags #shutupandtasteit e #lamarcon. Nós adoramos ver as fotinhos por aí!

Torta de maçã e castanha do pará

Ingredientes da Massa

1 e ½ xícaras (chá) de farinha de trigo

4 colheres (sopa) de açúcar cristal

1 pacote de manteiga sem sal a temperatura ambiente

1 colher (chá) de sal

1 ovo

2 colher (chá) de cravo em pó

3 colheres (chá) de gengibre em pó

1 colher (chá) de noz moscada em pó

1 colher (sopa) de água

Ingredientes do Recheio

2 maçãs

6 colheres (sopa) de açúcar

1 xícara (chá) de água

Suco de 1 limão

½ xícara (chá) de castanha do pará picada

1 colher de sopa de manteiga

Modo de preparo

  1. Misture a manteiga e a farinha esfregando a farinha na manteiga. Até formar uma farofa.
  2. Acrescente o açúcar, o sal, o cravo, o gengibre e a noz moscada e misture bem.
  3. Adicione o ovo e a água e misture até formar uma massa homogênea. Cubra com plástico filme e leve a geladeira por 20 minutos.
  4. Descasque as maçãs e reserve a casca. Tire as sementes e corte as maçãs em pedaços.
  5. Esprema o suco de meio limão nas maçãs picadas para que elas não escureçam.
  6. Coloque a casca da maçã e a água em um mixer e triture bem a casca da maçã.
  7. Passe o suco por uma peneira e misture-o com açúcar em uma panela. Leve ao fogo até que comece a ferver bem. Essa mistura deve ferver até virar um caramelo.
  8. Quando virar um caramelo, coloque a manteiga e misture bem.
  9. Adicione a maçã picada. E deixe a maçã cozinhar no caramelo até que fique macia.
  10. Retire o recheio do fogo e reserve.
  11. Aqueça o forno a 180°C.
  12. Retire a massa da geladeira e abra-a, até que ela fique bem fina.
  13. Coloque a massa em uma assadeira de fundo removível. Leve a assadeira a geladeira por 5 minutos.
  14. Cubra a massa com papel alumínio e feijões crus. Leve ao forno por 15 minutos, ou até que as bordas comecem a dourar.
  15. Retire o papel alumínio com os feijões. E leve a massa ao forno novamente por 5 a 10 minutos, até que o centro esteja levemente dourado.
  16. Retire a massa e deixe-a esfriar.
  17. Acrescente ao recheio o suco de meio limão e misture bem.
  18. Coloque o recheio dentro da massa da torta já assada.
  19. Coloque as castanhas do pará por cima e sirva!

Dica:

  1. Você pode usar outras frutas secas, como amêndoas ou nozes.
  2. O suco de limão ao final é colocado para regular a acidez e o sabor doce no recheio. Logo fica a seu critério a quantidade de suco a ser colocado.

 

Confeiteira e apaixonada por comida. Antes de me dedicar a minha paixão eu era engenheira. E é como dizem por aí, você pode até sair da engenharia, mas ela nunca sai de você. Resultado: meu coração está não apenas na confeitaria mas na união da ciência com a comida. E curiosa que sou resolvi adicionar cultura e viagens a esse casamento mais que perfeito!

Deixe uma resposta