Como cuidar das Mini Phalaenopsis

O nome dessa orquídea é:  Mini Phalaenopsis

Local adequado para o cultivo: É recomendado um local meia sombra (sombra indireta), pois a exposição direta ao sol pode causar queimaduras em suas folhas. Assim, o melhor horário é o solzinho da manhã.

Rega: 1 vez por semana; sempre deixando escoar bem a água, pois o excesso dela em suas raízes pode ajudar a mata-la (apodrecendo). A orquídea, em geral, resiste bem à falta de água, mais do que o excesso. Por este motivo, se coloca cascalhos em seus vasos, isopores, para ter esse fácil escoamento.

Nunca colocar pratinhos ou algo que possa bloquear a saída da água do vaso.

Floração: de uma a três vezes ao ano, isso irá depender da adaptação ao local onde irá ficar.

Poda: é recomendado cortar a haste da orquídea. Uma dica é cortar acima do segundo nozinho, assim você preserva a planta. Isso faz toda a diferença para ajudar a florescer novamente, pois dizem que essa poda ajuda a planta a não mandar os nutrientes para o local que já está “morto”, assim deixando de nutrir outras partes saudáveis.

Adubação: O famoso 10-10-10 ou 20-20-20 = fórmula NPK (nitrogênio, fósforo e potássio), deve ser aplicada quinzenalmente ou mensalmente. A proporção de adubo deve ser a indicada no rótulo. Geralmente é de 1 colher de café para cada litro de água.

Nos meses de outono e inverno, a adubação pode ser suspensa.

Caso você não queira permanecer com sua orquídea no vasinho plástico no qual ela vem, é possível facilmente fixa-la em troncos de árvores, envolvendo suas raízes com fibra de coco ou musgo e fixando com um fitilho resistente.

Coloração: diversas cores: branca, amarela, bordô, lilás, rosa bebê, esverdeado, pink, rajadas e alaranjados.

 

 

 

Fotos | Paula Brandino | Intensify | Site | e-mail |Instagram | Facebook

Flores | Gabriela Barros | Instagram

Peças de Decoração | LarDeco | Instagram

Bolo de Banana | Deborah Zane

Comidas Veganas |  Cozinha da Andorinha | Instagram

Porta Guardanapo | Iracellis Vieira | Instagram

 

Para fazer o download da Revista La Marcon clique aqui.