Entrevista com Thiago Rosa: Fundador Da Empresa Equilibrio Lustres E Abajures

A empresa de lustres e abajures EQUILIBRIO traz inerente aos seus produtos a eco sustentabilidade como conceito e premissa, desde o projeto e escolha de matérias primas até a concepção de suas peças.

O fundador da empresa, Thiago Rosa, desenvolve peças especiais em duas vertentes: de acordo com seu ambiente decorado ou projeto arquitetônico, e de acordo com a sua linha própria, da marca Equilíbrio, trazendo modelos interessantes que se tornam esculturas iluminadas, os transformando muitas vezes nos protagonistas do ambiente.

Abaixo, realizamos algumas perguntas sobre o desenvolvimento de algumas peças:

Ty.me: Como funciona o processo de criação das peças?

Thiago: Os formatos geométricos – principalmente o triângulo e a esfera – norteiam a minha criação. Busco muitas referências europeias, principalmente em blogs e revistas alemães, italianas e francesas, sempre analisando uma linguagem linear ou o jogo de sombras das peças. Existem 2 influências importantes para a criação das peças autorais: meu irmão artista Thomaz Rosa no lado do design e a indústria automobilística para a viabilidade e execução das peças.  Também realizo projetos especiais para o cliente final ou arquiteto ou decorador. Nesta segunda situação, normalmente a ideia já vem pronta através ou de uma referência ou de um projeto específico. Realizo a análise técnica alinhada ao custo-benefício do produto final. Neste segundo caso, o leque de opções para os acabamentos é maior, diversificando a composição de materiais. Mesmo neste segundo caso, sempre tento direcionar para a linguagem da Equilíbrio, que são as formas geométricas.

Ty.me: Você utiliza muita madeira e juta. Por que escolheu trabalhar com estes materiais?

Thiago: A beleza natural da madeira e da juta me incentivou a desenvolver as peças a partir destes materiais. As fibras naturais possuem um processo de depreciação muito rápido. O meu desafio era dar resistência e durabilidade aos produtos. Isto ocorreu graças a minha expertise na área da indústria automobilística. No caso da juta, consegui trazer o diferencial que é a exposição das peças ao ar livre – utilizo uma resina a base d´água, epóxi, que dá resistência e durabilidade, mantendo a característica natural da fibra.

Ty.me: O que você considera como sustentável no seu trabalho? E qual o retorno disto para o design?

Thiago: Trabalhamos com madeira de demolição – peroba rosa e a juta, que nasce em ribeirões, ao lado de rios/lagos. Busco trabalhar e valorizar os ribeirinhos, através do trabalho social. A juta é mais leve que o sisal e, por eu a considerar tão nobre quanto o algodão, acredito quem seu ponto de equilíbrio natural entre o hibrido rústico e fino, quase assemelhando-se a mesma composição do linho, que é um clássico nas linhas comerciais de luminárias.

Em relação a madeira, em sua maioria, nos deparamos com matéria-prima de 80 anos e que possuem rugas naturais que, ou manualmente ou com máquina, não conseguimos produzir. Hoje existem muitas opções no mercado que imitam, mas somente a peça natural consegue trazer a autenticidade e personalidade para cada peça

Ty.me: O que torna uma peça de iluminação a principal atração do ambiente?

Thiago: Acredito que, tanto o abajur de mesa quanto o de coluna, trazem um diferencial único na linha dos olhos, chamando a atenção para determinados pontos focais, trazendo uma harmonização e um aconchego diferenciado ao ambiente. Já o lustre/ pendente, traz o glamour, principalmente acima da mesa, onde temos uma atenção especial a reunião das pessoas neste espaço.

Descritivo das luminárias:

Trialto

Base triangular e haste de 1.50m em Madeira de Demolição Peroba Rosa, fio embutido na madeira, cúpula em juta comum natural (não vai armação interna e nem plástico) Ø32cm e h=28cm. Preço a partir de R$376,00

Pendente Equilibrio

Acabamento no teto em Madeira de Demolição Peroba Rosa, soquete de madeira, logo da marca em prata, fio (alcança até 2,50m) e soquete importados da Itália. Preço a partir de R$105,00

TOT

Luminária de mesa toda em madeira de demolição Peroba Rosa, logo da marca em prata, h=42cm, base Ø36cm, lâmpada em filamento de carbono. Preço a partir de R$150,00

Coluna C.M. (Casa Modelo)

Haste tripé em Madeira de Demolição Peroba Rosa, h=1.55m, cúpula em algodão Ø40cm e h=22cm (cúpula não personalizada), logo da marca em prata. Projeção da base Ø50cm. Preço a partir de R$680,00.

DIAKI GAMELA

Base em madeira Jatobá, Ø30cm, h entre 8 e 9cm, luminária em Ovo de Avestruz (altura e base variada, aproximadamente 16cm e 12cm, respectivamente), nacional ou importado da África do Sul, logo em prata. Preço a partir de R$528,00.

EQUILÁ

Base Triangular em Madeira de Demolição Peroba Rosa, cúpula em algodão (cúpula não personalizada) de Ø20cm por h=20cm, altura total do conjunto aproximadamente 36cm, logo em prata. Charme: detalhe do fio pespontado na base. Preço a partir de R$76,00.

 

Onde comprar:

Equilibrio Lustres E Abajures

equilibrio.lustres@gmail.com

Falar com: Thiago Rosa
[11] 4476.7210
[11] 97090.5779