Guarda-Roupas – Uma combinação de itens Essenciais, Confortáveis e Especiais

Falamos anteriormente no texto, Olhar para sua casa é uma maneira de simplificar, e dando prosseguimento, você consegue perceber o quanto a sua casa, o restaurante ou a alimentação que escolhe, as músicas que ouve, sua atividade física preferida entre outras coisas tem relação com seu guarda-roupas?

Quando falo de guarda-roupas não estou me referindo a exatamente tudo que tem nele pois certamente você tem muito mais peças lá do que realmente usa e o significado disso é uma certa confusão misturada a uma compulsão com variações de intensidade.

Ao comprar um item para nossa casa pensamos onde vamos colocar, se combina com o ambiente em questão de estilo, forma e cores. Infelizmente isso não se aplica ao comprar uma roupa, bolsa, sapato ou par de brincos novos.

Estamos tão manipuladas pela mídia da necessidade de comprar que não nos damos conta se realmente precisamos, mas compramos e no final das contas, além de estar na moda (se você acha isso bom, leia o primeiro texto deste ano), você muitas vezes tem uma peça que não combinará com nenhuma outra em seu guarda-roupas te fazendo comprar mais itens desnecessários ou ter mais uma peça com etiqueta eternamente no seu guarda-roupas.

O pensamento sobre mobiliar ou decorar a casa é mais perene já o de construir um guarda-roupas é inexistente. O pensamento é se renovar constantemente investindo dinheiro na grande maioria das vezes em peças de pouca qualidade produzidas em massa, que vão durar pouco e que muitas vezes possuem procedência não muito clara.

Nada de exclusivo, individual e único nisso. Convido-a a pensar em seu guarda-roupas de uma maneira simplificada, como pensa em sua casa: Uma construção com: Itens essenciais, itens confortáveis (compreenda que cada pessoa possui um sentimento sobre o que é confortável), e itens especiais, cada um com sua devida proporção.

Seu guarda-roupas além de refletir seu estilo de vida deve refletir sua essência, seus valores, então reflita antes de trazer mais uma sacolinha para casa porque era lindo ou porque estava tão barato. Pense na construção de um lugar onde você pode se vestir todos os dias como se estivesse na loja mais especial de todas, onde tudo combina com tudo e principalmente, combina perfeitamente com você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *